01 agosto 2011

Um ano de Julho


- Alô?
- Anna.
- Sempre me surpreendo quando você reconhece minha voz assim, de primeira.
- Que saudade...
- Júlia?
- Oi.
- Tô indo pra casa.
- Como assim?
- Não tô conseguindo segurar as pontas. Não dá mais. Tentei de tudo, juro. Álcool, drogas, filme, anestesia, caridade, piada, viagem...
- Não entendi.
- Eu tô indo.
- Você vem pra cá?
- Sim.
- E teu menino?
- Terminei.
- E teus pais?
- Ficarão.
- Teus cães?
- Também.
- Teus amigos?
- Eles não aguentam mais me ouvir falar de ti.
- Então você vem?
- Vou. Tá preocupada com a reação das pessoas?
- Um pouco.
- Quanto?
- Só um pouco. Mas, a verdade é que se eu for ligar pro que as pessoas pensam eu não faria a metade das coisas que gosto. Só quero viver minha vida em paz.
- É o que eu quero.
- Não acredito que você vai deixar tudo e vir. Minhas pernas estão tremendo..
- A vida longe de quem a gente ama não parece vida. Não tem sentido. Não há ânimo em lugar algum..
- E tudo remete aqueles poucos dias, ano passado.
- Isso mesmo.
- Então você vem?
- Sim.
- Quando?
- Janeiro.
- Até quando?
- Pra sempre.

10 comentários:

Daniel Lira disse...

Lindo! Quem é? me apresenta depois. hahaha #brinks

Juliana Cimeno disse...

Sempre quis achar alguém que me disesse "pra sempre"...

Ana disse...

Não sei pq, mas esse post me lembrou a música Speechles da Lady Gaga. Depois ouça-a enquanto le este post!

Ágda disse...

Sabe o que imaginei quando tu me falou o título?
Férias pra sempre.
E faz sentido.
Ter quem nos ama e amamos por perto é como ter férias pra sempre.
Eu quero isso.

Assim, de pouquinho em pouquinho vou derrubando meu muro de medo e solidão.

Puma Azul disse...

Que coisa boa!!!
Tomara que aconteça comigo!!!
Conta mais histórias assim, pro nosso dia ficar feliz. Felicidade é uma coisa contagiosa, sabia? rsrsrs

Priscila disse...

Quando o turbilhão de memórias de um Julho qualquer me vem aos olhos, fica até difícil dizer alguma coisa. Você me deixou desequilibrada e com a garganta arranhada, meu bem. Tsc.

Gabriely Tavares disse...

Muito Obrigado pela visita! Desculpa a demora em responder, tenho estado ocupada com as coisas da universidade e da companhia :)
Cara mais eu amei seu blog!!!!! muito mesmo, revirei ele todinho! Esse texto aqui em particular ficou tão lindo, tem um ritmo mto bom. ^^ Vai pro meu Blogroll. Posso indicar lá no meu? Beijos

Rafael disse...

Muito liiindo. Simplesmente viajo nos seus posts Nathy. *-*
sensação de bem estar é consequência de ler seus textos.

Ágda disse...

Depois de ler pela milionésima vez vi que entendi errado.
Um mês foi um ano.
Na verdade, acho que só é um complemento.

Lindo texto, parceira. <3

Julhy Van Den Berg disse...

"- Só um pouco. Mas, a verdade é que se eu for ligar pro que as pessoas pensam eu não faria a metade das coisas que gosto. Só quero viver minha vida em paz."
Ótimo.