05 maio 2014

Terra do Dragão


[Já escutei e li muito “go west”]

Mas se você for analisar melhor, ir para o oeste não é o melhor a ser feito.

[exceto se ele te levar pro lado oriental do mundo]

 O Oeste, ou melhor, o Ocidente. O Ocidente pode ter sido chamado algumas vezes de Paraíso ou terra da felicidade. Terra nova, cheia de oportunidades, pessoas corajosas etc etc etc.  

[eu não me encaixo aqui nesse lado do mundo. quem sabe do lado de lá?]

O Ocidente não é a terra da felicidade. As religiões do ocidente não pregam a felicidade. Somente o sofrimento. E eu só quero a felicidade. Eu quero Butão!

[felicidade pode ser muita coisa. hilário é escolher Butão]

Faz alguns meses que pratico Yoga, bom, não com a frequência que me agradaria ou que traria melhores resultados no meu corpo e mente. Mas os poucos dias que consigo ir são maravilhosos. E de onde vem? Isso mesmo, do Oriente.

[pra quê tanta divisão?]

Mas o problema não é com o Oriente, é comigo mesma. Sempre preguiçosa e acomodada. Quando surge algo que exija um pouco mais de esforço eu já estou mudando a rota. Ultimamente isso tem mudado. Tenho uma heroína na China. Ela é louca. Quero alcançar a loucura dela.

[go west]

Mas, infelizmente, não posso negar minha paixão pelo Ocidente.

[é o que você conhece]


 O Oriente entra como aquele ponto desconhecido que não gosto de ter. Aos poucos vai se achegando e se encaixando nas minhas rotas e pesquisas. Bem aos poucos. Ser onde o sol nasce deve significar muita coisa, apesar de eu ter preferência ao pôr-do-sol.

2 comentários:

Natascya Melo disse...

ri aqui um desses risinhos que esquentam dentro da gente, ce sabe como é.
pensei nessa música (que eu adoro e sempre ouço quando tô com mau humor)
https://www.youtube.com/watch?v=sYi7uEvEEmk

Priscila Rodrigues disse...

Meu, que gostoso! Eu acho que o Oriente é tipo aquele aluno excêntrico sem muitos amigos na escola, meio bizarrão mas cabeçudo nas provas haha. Dae cê resolve trocar ideia com ele e descobre que a mãe é cartomante ou que foi uma atriz famosa dos 70' sei lá.
Adorei muito mesmo, cachões.